Flash da Adobe acaba de tomar mais um passo para morte, graças a Google

Adobe Flash, a aplicação mais odiada do mundo, está finalmente morrendo. Tecnicamente, está ativo faz anos, mas hoje, receberam uma bomba final que os fará ir abaixo na história.

Google oficialmente matou a publicidade utilizando Flash em seu navegador. Como em 1 de Setembro, qualquer publicidade que solicite que o usuário clique para reproduzir, permanecerão congeladas.

Uma nova configuração, ativada por padrão no Chrome automaticamente otimiza plugins para economizar bateria, ciclos de processamento e especialmente auto-reproduzindo publicidades.

A mudança vem enquanto Google torna possível automaticamente converter as publicidades criadas com Flash para HTML5, uma maneira mais amigável e segura para formatos de reprodução.

Em tempos recentes, navegadores suportam formatos como vídeos em HTML5, finalmente se espalharam o suficiente para comportar tal mudança.

A maioria dos usuários estão prontos para se livrar do Flash, apesar que a morte não irá verdadeiramente acontecer até a Netflix e outros provedores de Streaming largarem o Flash definitivamente.

O software mais odiado foi atormentado por problemas ao longo dos anos, desde performance, até buracos em segurança massivos. É hora de morrer. A iniciativa de hoje se sente como abaixar a tampa sobre o seu caixão lentamente.

Você será automaticamente atualizado para o Chrome 42 hoje, o que mudará a configuração padrão de Flash para “detectar e rodar conteúdos de plugin importante”.

* Brought to you by TNW

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *